quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Adeus ano velho, feliz ano novo

 Oi amores! Eu como toda pessoa procrastinadora acabei esquecendo/não conseguindo organizar o tempo pra postar a segunda parte da viagem do Rio e tive que adiar pois eu queria fazer um post de fim de ano. Não sei como vai ficar, se vocês vão gostar ou não, mas eu senti no meu coração que deveria fazer um post desse tipo e quando eu sinto algo no meu coração migos, eu não sossego até o fazer.

 2014 foi um ano foda, mas de todo bom. Aconteceram coisas tristes, coisas decepcionantes mas, definitivamente, coisas muito boas aconteceram.
 Eu entrei na faculdade e, apesar de ter sofrido um pouco (pegue uma menina de 16 anos e enfie numa universidade onde todo mundo é bem resolvido sabe o que quer etc etc etc e depois conversamos), aprendi muita coisa. Hoje não tenho vergonha mais de dizer que não sei se quero ser designer de interiores porque nunca trabalhei com isso e que só vou saber quando começar a estagiar. As pessoas me olham com uma cara meio ??? mas eu não ligo mais.
Eu comecei a fazer meus doces!!! Nossa, isso foi incrível. E sabe o mais legal? Eu quase desisti. Comecei com os ovos de Páscoa e meu Deus a primeira encomenda, ela foi desastrosa. Eu quebrei o ovo umas quatro vezes, juro por Deus, já tava chorando agachada disposta a desistir de tudo. Aí minha mãe fechou o ovo pra mim e eu tentei de novo. E de novo. And again. Até que eu consegui. E hoje faço meus bombons e sou super feliz com isso. É um prazer pra mim.
 Descobri que eu sempre fui feminista, só não sabia disso. Hoje eu desconstruo muito e tento aprender sempre com as irmãs. Vou um pouco de cada vez, porque eu tava começando a absorver informação demais e tava ficando com problemas psicológicos (ansiosa, brigando com todo mundo, etc) e tive a sorte de ter pessoas falando: vai com calma. E eu consegui me controlar e controlar minha saúde mental. A bolha cor de rosa é muito melhor que esse mundo cruel, migos.
 Trouxe vocês mais para perto de mim e descobri o tipo de post que mais tem retorno/interação. Meu blog não é e tá longe de ser famoso, mas pelo menos eu me encontrei: aqui é um ótimo espaço pra falar sobre minha luta diária com meu corpo, sobre o que eu aprendo no mundo feminista e etc.  Descobri que o blog é extremamente pessoal e que não tem pra onde correr: eu não consigo fazer do blog um espaço profissional. Eu sou tipo a Flávia Calina maravilhosa, não consigo não trazer vocês pra dentro da minha casa, da minha vida e do que eu faço. E percebi que sou péssima pra gravar vídeos sem ser vlogs hahahah um dia eu chego lá.
 Fiz novos amigos virtuais, amigos maravilhosos. Conheci amigos virtuais. Um beijo Karininha, um beijo Ana, um beijo Bia e um beijo Gabe. Eu amo vocês.

 Eu amadureci muito esse ano. Tem muita coisa que eu não tô escrevendo aqui. Eu aprendi muita coisa e quero aprender mais. Sobretudo, vi que o mundo adulto não é tão legal igual eu imaginava uns anos atrás.

 Eu não sou de ficar fazendo muitas metas e expectativas pro ano seguinte. Já fiz tanto isso e já quebrei tanto a cara. O que eu quero pra 2015 é mais amadurecimento, mais empoderamento de mim, conhecer mais amigos virtuais, viajar, melhorar espiritual e psicologicamente, entendem?
 E pro blog, eu quero, eu preciso, mudar esse layout que está dando um monte de erros, quero melhorar a qualidade dos posts, postar com mais frequência seria ótimo. Queria mais interação, mas isso não depende só de mim, depende de vocês também.
 Eu queria começar novas coisas aqui. Look do dia é uma coisa que eu tenho no meu coração de fazer, mas eu não me acho com estilo e tenho problemas com meu corpo para isso, então não criei coragem ainda. Quero falar muito sobre a mulher. Quero muitas fotos artísticas e quero ser valorizada por isso. Não suporto as pessoas que comentam besteiras em fotos sexy, por exemplo. Gente ??? fotografia é arte. A R T E. Superem e melhorem.
 Já falei que quero aproximar o nosso contato? Já né?
 Quero olhar esse post daqui um ano e ver como eu era retardada e como eu mudei em um ano, de novo. E ver como eu cresci. E como vocês cresceram comigo. Como eu fiz amizade com vocês.

 Preciso perguntar: o que vocês esperam pra 2015? O que vocês querem pra si? Podem dizer algo sobre o blog também, dar dicas opiniões etc.

 Nesse 2015, muita paz, luz, amor e felicidade. O resto vem de brinde. Eu amo vocês.

 Adeus, ano velho.
 Feliz, ano novo.

 Com amor, Mari.

4 comentários:

  1. Esse ano foi cheio de surpresas, incluindo ruins haha mas também amadureci muito e aprendi muitas lições, espero que 2015 seja um ano muito melhor pra todos nós :)

    guitarrebel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre tem coisa ruim hahahah 2015 vai ser ótimo <3

      Excluir
  2. Oi Mari! Verdade seja dita (você ja disse hehehe) "o mundo adulto não é tão legal igual eu imaginava uns anos atrás.". Nem de longe Mari!!! Arebaba!

    Eu espero que você conquiste todos os seus sonhos e supere todas as barrareiras que a vida (e suas dúvidas e inseguranças!) te impõe. Ano que vem quero voltar aqui e ver você fazer o balanço desse post com o post do ano que vem, com bastante mudanças boas viu?

    Já o que eu espero pra 2015.... sorrisos.. é isso que eu quero! 2014 foi um ano difícil e abençoado ao mesmo tempo, mas de muito, muito choro. Choro feliz, choro triste, choro por chorar.. Daqui pra frente só quero sorrisos, sorriso de feliz, sorriso quando eu estiver triste e sorriso por sorrir.. hehehe .. mas acima de tudo, eu quero um ano sem promessas. Esse ano eu fiz dois pedidos, duas coisas que eu quero muito, mas não prometi nada, nadinha. Vou tentar, pelos proximos 300 e poucos dias, ser alguém melhor, mais controlada, mais calculista e acima de tudo, dar valor as pequenas coisas, mais do que antes. Muito obrigad apela ajuda que voce me da, e pelo carinho imenso <3.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Laris, quanto carinho <3 <3 <3 obrigada!

      E você vai ter muitos muitos muitos sorrisos DE FELICIDADE em 2015. Vai arrasar e conquistar seus sonhos, você vai ver. Eu confio em ti <3

      Excluir