terça-feira, 28 de outubro de 2014

18 COISAS ANTES DOS 18 ANOS #1 - Doe sangue, doe vida!

 OEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE!!! Como cês tão mores? Porque olha, eu tô feliz pra burro com essa série.
 Que eu sou fã da Flavia Calina todo mundo sabe né? Né. No começo do ano, devorando todos os vídeos dela, vi que ela fez a série 30 coisas antes dos 30 anos e pensei "Jesus amado EU QUERO". Só que né, eu não tinha nem 17 anos ainda, ia ficar mei palha fazer em mais de um ano sendo que ela fez em um mês.
 Daí resolvi crescer mais um cadin (não deu certo) pra poder começar a me programar. No começo do ano eu fiz uma lista incompleta que me ajudou um pouco quando fui refazer agora. Coloquei mais de 18 coisas pro caso de alguma não dar certo, e espero me divertir e divertir bastante vocês também com a série.
 O primeiro vídeo foi de uma coisa que eu tenho dentro de mim há muito: Doar sangue. Minha mãe sempre foi doadora (ela não tá podendo doar tem um tempo porque tá com anemia, enfim, espero que ela volte logo) e eu sempre quis. Mas não sabia como funcionava.
 Ano passado descobri que quem tinha entre 16 e 17 anos e 365 dias poderia doar desde que tivesse autorização dos pais.
 Eu fiz um vídeo contando minha experiência, já que esse não dava pra fazer em forma de vlog. Mas os outros vocês vão comigo, prometo.



 Uma coisa que eu acho que esqueci de colocar no vídeo é que eles perguntam all the time se você tá bem e pedem pra você avisar caso não esteja. 
 Gente, é MUITO BOM doar sangue. Eu já quero ir lá de novo. Volto em janeiro. Aproveito o vídeo e o post para abraçar a campanha de divulgação pra isso, já que todo mundo pode, e DEVE, doar sangue. Então, se você doar sangue e se motivou aqui no blog, me marque na foto (caso poste no instagram): @MariianaFerrari. E caso poste no face, compartilhe na página do blog (clica aqui pra ser redirecionado pra lá), vou ficar muito feliz de ver vocês abraçando a causa junto comigo <3
 E se preparem, PORQUE EU TÔ PRA FAZER 18 ANOSSSS! E quero levar vocês comigo pra tudo que eu fizer de diferente.
 Tava me sentindo muito desmotivada à gravar vídeos por causa das poucas visualizações, mas quando expressei isso vi que várias pessoas gostavam dos vídeos (e do blog também, descobri leitores que eu achava que não tinha) e pensei "fodac se não tem muita visualização, as que tem são as que contam" e vim com tudo. Me beijem <3
 Agora beijo na bunda e até segunda, tchau e mamãe ama vocês (aká Dilmãe hahaha).

Nenhum comentário:

Postar um comentário