terça-feira, 9 de setembro de 2014

Sobre um fim de semana, uma rápida viagem, amiga virtual e fuscas

 Oi amores! Potaquepareu viu, finalmente eu consegui me concentrar em fazer esse post. Já vai fazer duas semanas que eu fiz a viagem e esse post ainda não saiu.
 Sábado retrasado eu fui pra Domingos Martins, aqui no meu estado mesmo, fazer uma das coisas mais arriscadas da minha vida: conhecer uma amiga virtal (procês verem como eu não faço nada perigoso). Já tinha conhecido uma ou outra, mas não eram como a Eli e algumas amigas virtuais que tenho hoje.

 Quem curte a fanpage do blog (se você é leitor e ainda não curtiu: sinta-se levando um cascudo) viu algumas fotos, soube que eu estava lá etc e tal.
 O post seria mais um "Mari por aí", mas achei que seria legal deixar mais sentimental, já que eu saí de lá com o coração apertado e morrendo de vontade de voltar.

 Domingos Martins é um município muito lindinho aqui do estado. Localizado em região serrana, o lugar costuma ser quente de dia e frio de noite. COSTUMA. Cheguei lá no sábado e passei frio o dia todo, tava uma neblina que só Cristo. De noite então, mal dava pra enxergar ao longe. Tava 17ºC e eu estava tremendo de frio e aquelas praga que mora lá falando "Iiiih Mari relaxa, nem tá tão frio hoje" OI? LICENÇAQUISENHÔ eu tô tremendo. Posso fazer nada se eu tô acostumada com o calor, uai.

 Mas antes, deixa eu contar um cadin de como conheci a Eli.




 Amigo que é amigo não colabora nas fotos, né non? HAHAHHA
 Conheci a Eli através de um grupo no facebook, o DDM, mas só começamos a conversar quando o paizinho dela, o tio Eli (chamo de tio sem ter conhecido, sim), veio a falecer, em maio. Ela postou lá no grupo desabafando e mano, eu fiquei muito tocada com aquilo, mas não queria comentar ali naquela publicação, então chamei ela no chat. A gente começou a conversar a partir disso e uma amizade foi crescendo e crescendo e tá crescendo ainda. Algo muito triste nos uniu e acho que é por isso que a gente se dá bem. Eu gosto de ver ela sorrindo e faço o máximo pra isso.
  A gente já tinha combinado desde o fim de julho/começo de agosto que eu iria lá no último fim de semana do mês, mas na sexta, um dia antes de eu ir, eu quase desisti. E ó: ainda bem que não o fiz!

Invejo esse cabelón sim

 Cheguei lá era quase 11:00 e ela tava nervosa, eu saquei na hora. Mas tudo bem: eu também tava! Só que aí ela disparou a tagarelar (sério, ela não parou) até a gente chegar na casa dela (e olha que era longe, a gente andou pra cacete. Pior que descer o morro: foi subir o morro) e, quando a gente chegou, ela tagarelou mais um pouco. Conheci a mãe dela, que me adorou (também, quem resiste à tanto charme?), fez um almoço muito bom e em vez da gente sair de tarde, preferimos ficar fazendo o bolo de aniversário dela (que vocês viram ela colocando a cobertura no começo do post), pra levarmos pra pizzaria de noite.


  Eu e tia Suzana (mãe da Eli) decoramos ele. Ficou meio colorido demais, mas a Eli gostou e é isso que importa. Tá vendo porque amo ver ela sorrindo? É lindimais <3

 Saímos de noite pra Rua do Lazer, uma rua lá em Campinhos (onde ela mora em Domingos Martins) toda fofinha e com comércio, mas tudo no estilo alemão (acho que é alemão), já já mostro fotos. Fomos roubados porque uma pizza G das menores de frango com catupiry e praticamente sem massa era 48 dilminhas, mas valeu a pena porque a gente se divertiu MUITO. Foram 3 amigos da Eli junto mais o Xtofer, o namorado chato dela, e cara, impressionante como todos pareceram gostar de mim (se estavam fingindo fingiram muito bem). Me senti super à vontade e tagarelei tudo que a Eli não deixou a tarde inteira com eles kkkk foi muito bom, afê.

 No domingo, a gente resolveu ir pro centro tirar fotos. Algumas vocês já viram, mas as outras eu vou postar agora e parar de falar, só colocando legendas nas fotos que achar necessária (praticamente todas). Se preparem pras fotos:

O gatinho fofinho dela que me matou de alergia <3

A rodoviária de lá. É velhinha, mas bem fotogênica.

O Xtofer ficava o tempo todo carinhando (é uma palavra isso?) ela e isso é muito mais "amocê" do que qualquer declaração que ele pudesse fazer pra ela perto de mim.

A pracinha era muito fofa sim.



A gente encontrou uma árvore que tava pipocando de florzinhas amarelas e morri de amores!!!

Meus pés estranhos.


I'M FLAWLESS

Meio titanic meio rebelde sorriso meio "Anda logo LN que tá vindo carro aí". Não saiu do jeito que eu queria.

Gente. Tinha. Dente. De. Leão. Lá.


Lá até as plaquinhas são fofas, mereço?

Sendo euzinha que tava por trás das câmeras, óbvius que tinha que ter uma foto do céu de baixo pra cima.

Tinha chafariz <3 
Mas tava desligado </3





Esse foi o lugar que roubou a gente com a pizza cara. Se a pizza era 40 e não sei quantas dilmas, imagina a feijoada "do chef". SOCORRO.

Apaixonei nessa casa.






 Eu falei que tinha muitos fuscas, não falei? <3

 Antes de terminar o post, queria avisar que: A Eli vai vir pra cá esse fim de semana, aêêêê!!! Ela vai falar que não sabe ainda, mas eu tô pensando positivo.

 Quero comentários sobre o que acharam das fotos e me amando, obrigada de nada <3

 Ah: e não, acabamos que não tiramos fotos boas juntas :( SÁBADO A GENTE COMPENSA!

2 comentários:

  1. Sobre as três primeiras fotos: eu vou te matar, Mariana! IUHAUIWEHASUIHEU mentira :B
    E o estilo é alemão sim ahueh Ah, e eu vou pra sua casa sim! Só não sei a hora ainda. *-*
    Mais uma vez, Mari, obrigada pela companhia (e por falar que eu fiquei tagarelando --').

    Depois do Para Sempre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabia qu eia gostar das fotos <3 HAHAHAH
      OBA, prevejo mil fotos!

      Excluir