sexta-feira, 7 de março de 2014

Conhecendo religiões: Mórmon

 Oi pessoal, tudo bem cocêis?
 Cara, eu tava mórrendo de saudade de voltar com a TAG, e, apesar de ter mais duas religiões aqui salvas, eu simplesmente estava com preguiça.
 Cês acreditam? Pre-gui-ça.
 Me xinguem, eu mereço.
 Tá, peguem leve.

                   Templo de Recife. (Fonte: Fundação Para o Melhor)

Interior do Templo. (Fonte: Lds.org)
Gente, eu como futura designer necessito falar: O QUE QUE É ISSO??? Tô pasma e apaixonada!

 Vamos ao resumitcho segundo o senhor Wikipedia e, depois, às informações? Quem me ajudou a conhecer melhor essa religião foi  Beatriz Correia. Valeu, Bia!!!

"O apelido mórmons foi criado por pessoas que não pertenciam à Igreja para se referirem aos membros (a princípio) de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias restaurada em 6 de Abril de 1830. Relata-se que a Igreja foi restaurada por intermédio do Profeta Joseph Smith Jr., sendo a mesma igreja que Jesus Cristo fundara em seu ministério na terra há 1830 anos atrás. Em uma manhã da primavera de 1820, em dúvida sobre qual igreja estava certa, Joseph teria decidido orar ao Senhor Deus, depois de ler Tiago 1:5 na Bíblia, que diz: e se algum de vós tem falta de sabedoria, peça a Deus que a todos dá liberalmente e não o lança em rosto e ser lhe a dada. E então em um bosque perto de sua casa, Joseph teria orado perguntando e pedindo por sabedoria, qual era a igreja verdadeira?, e então o próprio Joseph Smith relata: "(...)vi um pilar de luz acima de minha cabeça, mais brilhante que o sol, que descia gradualmente sobre mim. Quando a luz pousou sobre mim, vi dois Personagens cujo esplendor e glória desafiam qualquer descrição, pairando no ar, acima de mim. Um deles falou-me, chamando-me pelo nome, e disse, apontando para o outro: Este é Meu Filho Amado. Ouve-O!(...)", e Jesus Cristo, o salvador e redentor do mundo, revelou que nenhuma das crenças no mundo eram verdadeiras, e que ele (Joseph), deveria restaurar a igreja de Jesus Cristo exatamente como era antes, com doze apóstolos e um profeta."

Origem

"Segundo os Mormons, o termo mórmon inicialmente era o nome de um local onde o profeta Alma ensinou o Evangelho de Jesus Cristo ao povo do Rei Noé que vivia na terra de Leí-Néfi próximo ao ano 146 a.C.
 Mórmon também é um personagem do Livro de Mórmon. No livro ele é um profeta historiador que viveu nas  Américas aproximadamente no ano de 321 d.C.
 Relata-se que Mórmon morreu por volta do ano 400-421 d.C. (Mórmon 8:3)."

Entrevista com a Beatriz Correia

Mari: O que é, qual o conceito dos Mórmons?
Bia: O nome de verdade é: A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos últimos dias, somos conhecidos mundialmente como mórmons por causa do livro, mas na verdade somos SUD, que significa Santos dos Últimos Dias.
 Ela foi fundada pelo Joseph Smith, e, depois, ele encontrou um livro, que é um outro testamento de Jesus feito aqui nas Américas, e traduziu pro inglês. Quem escreveu esse livro (acréscimo da Mari: essa compilação foi chamada de Placas de Mórmon) foi o profeta Mórmon.
Mari: Como assim um livro que era um testamento de Jesus? Por que não ta na biblia? E como ele encontrou?
Bia: Não sei se você sabe, mas a Bíblia passou um bom tempo em posse da Igreja católica, então muitas coisas foram tiradas. Mas tem uma passagem na Bíblia que fala mais ou menos que ainda existe muitas coisas que não estão neste livro (João 20:30 - Jesus, pois operou também em presença de seus discípulos muitos outros sinais, que não estão escritos neste livro.), então se refere a outro livro. 
 Joseph encontrou esse livro enterrado com a ajuda do Espírito Santo sob revelação.
 Jesus pisou nas Américas e esse livro fala sobre os profetas que já existiram, e o livro de Mórmon testifica da Bíblia. E quem ler ele, tem uma grande ajuda pra ler a Bíblia.

(Pra continuar a ler o post, clique em "Mais Informações". Sei que vocês odeiam, mas é muita coisa e eu não quero pesar a página. Sem ressentimentos, né?)



Mari: Como você sabe que Jesus pisou nas Américas e por que ninguém ficou sabendo desse livro?
Bia: Porque tem uma parte na escritura que diz, apesar de não de forma direta. "João 10:16 Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco; também me convém agregar estas; e elas ouvirão a minha voz; e haverá um rebanho e um Pastor."
Mari: E daí Mórmon escreveu mais esse livro, certo? E o que fala esse livro?
Bia: Quem fez os registros do livro foi Néfi, Alma, Helamã, Moroni, entre outros. Mas quem traduziu foi Joseph e quem escreveu e "publicou" foi Mórmon. 
 Esse livro fala sobre a vinda de Cristo e testifica a Bíblia e fala também como vivia o povo das Américas.
Mari: E vocês se baseiam nisso para que?
Bia: Nós acreditamos que estamos na terra por um grande propósito que é nos prepararmos e termos uma família eterna para voltarmos pra presença de Deus. Porque quando morávamos com Deus na vida pré-mortal não podíamos evoluir e demostrar fé. Então Deus criou um plano e viemos pra viver de fé e acreditar em coisas que não vemos, mas que sentimos que é verdade.
Mari: E por que vocês tem reuniões secretas?
Bia: nós temos as capelas e os templos. Nas capelas, que são as igrejas, qualquer pessoa pode entrar. Mas no templo só pode entrar quem é membro da igreja e digno de entrar no templo. E tem ordenancias que fazemos nos templos que não podemos comentar.
Mari: E qual é o processo pra poder entrar no templo?
Bia: A pessoa precisa ser batizada na nossa igreja se quiser ir ao templo. E tem que passar por uma entrevista com o bispo. Uma coisa que posso contar que faz parte do processo pra pessoa entrar no templo é ser batizada pelos mortos.
Mari: Bispo? Bispo tipo de Igreja católica?
Bia: Bispo é como se fosse o pastor.
Mari: Explique o que seria o batismo pelos mortos, por favor.
Bia: Muitas pessoas morreram e não tiveram a oportunidade de conhecer o Evangelho de Cristo, e nós acreditamos que quando uma pessoa morre, ela está recebendo os ensinamentos no mundo espiritual, então como elas não tem um corpo físico, nós "emprestamos" o nosso. Mas nenhum espírito entra na gente. Na hora do batismo, em vez de falar o nome da pessoa que está sendo batizada, falam o da pessoa que morreu.
 Exemplo: meu avô morreu esse ano, aí quando tiver caravana pro templo de Recife, mando o nome dele por alguém para fazer o batismo.
 Eu já sou batizada, então vou me batizar por outra pessoa, que está morta.
Mari: Você é batizada em alguma outra igreja?
Bia: Não, só sou batizada na igreja dos Mórmon.
Mari: Ah, então vocês são batizados duas vezes?
Bia: Tem gente que faz vários batismos pelos mortos em uma tarde. Esse batismo que fazemos depois não é por nós e sim por quem já morreu.
 Aqui no Brasil temos templos em Recife, São Paulo, Curitiba, Manaus e acho que em Belo Horizonte, e vão ser construídos em Fortaleza e no Rio de Janeiro. 
 Mas pelo mundo temos vários.
 Temos encontros nas igrejas (onde tem em várias cidades) todo o domingo, e só vamos aos templos para realizar as odernancias.
Mari: Entendi. O que existe na igreja todos podem ver, e nos templos não, certo?
Bia: Sim.

 Ah, e eles não tomam café. A bia explicou que eles não tomam café pois faz mal à saúde e, também, pode viciar muitas pessoas. Então eles não ingerem o que faz mal ao nosso corpo, pois o corpo é um templo de Deus (acho que isso deve servir para as outras coisas que viciam também, não perguntei).

 Gente, foi isso. Só agora percebi como acabou do nada HAHAHAHA 
 Desculpem, pessoal.
 Se sintam à vontade para 1. comentar o que quiserem, inclusive fazendo mais perguntas; e 2. acrescentar algo, se souber mais sobre o assunto.
 Gente, pelo amor de Deus, o intuito dessa TAG não é e nunca será influenciar a rixa entre religiões e sim o respeito, então, por favor, se você não concorda com o que eles acreditam e queira comentar, comente, mas utilize a boa educação que seus pais lhe deram, por favor!!!
 Comentários ofensivos serão apagados!  (Ou respondido à altura)

 Beijos e cheiros!

Me encontre também nas redes sociais: Facebook | Instagram | Twitter |

UPDATE: A Danielle Santana, do blog Preenchendo Lacunas, comentou aqui embaixo e, como eu sei que ninguém lê os comentários, resolvi postar parte do comentário dela porque é interessante.
 Ela falou que "é realmente uma religião muuuito interessante. Ela não pode fazer coisas como usar roupas que mostre demais (short nem pensar, só bermuda e coisas desse tipo), antes das refeições ela e a família dela fazem uma espécie de prece (não tive coragem de perguntar se era "necessário" ou se fazem por querer. Ela participou de um retiro, que pelas fotos que vi, foi muuuito legal."

2 comentários:

  1. Mari, tenho uma amiga que é SUD, é realmente uma religião muuuito interessante. Ela não pode fazer coisas como usar roupas que mostre demais (short nem pensar, só bermuda e coisas desse tipo), antes das refeições ela e a família dela fazem uma espécie de prece (não tive coragem de perguntar se era "necessário" ou se fazem por querer. Ela participou de um retiro, que pelas fotos que vi, foi muuuito legal. O nome é Efy, se não me engano.
    http://preenchendo-lacunas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Dani, obrigada viu? Vou dar update no post e postar seu comentário. Sua fofa!

      Excluir