terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Dez mil visualizações...


... UAU!
 Pra muita gente, 10.000 visualizações não são nada. Mas para mim, uma simples garota em processo de sair da terra do Nunca (falarei sobre isso em outro post) e sofrer com isso, é sensacional!
 Uma garota que começou com isso há um ano e oito meses. Pois é, um ano e oito meses que eu tenho o blog e, só depois desse tempo todo atingi as dez mil visualizações. Tanta blogueira consegue isso em menos de um mês de blog...
 Mas deixa eu contar um segredinho pra vocês: eu prefiro mil e uma vezes assim!!!
 Sabe por que? Porque eu comecei de baixo, do 0. Eu não tinha nenhum conceito de blog. Ta, eu já tive vários blogs entre os 11>12 anos, mas não como é hoje. Antes o blog era literalmente um diário virtual. E o que uma garota de 11>12 anos, de quatro anos atrás, tem pra oferecer? Nada. Meus posts eram cheios de "Ai, hoje estou hiper feliz porque fulano olhou pra mim". Pois é. Eu era muito bobinha. Hoje em dia meninas de 12 anos dão de 10 a 0 em mim. Em quesito corpo, sabedoria (sim, existe muita menina dessa idade sábia, que cuida da própria mãe porque a mesma não tem juízo) e até mesmo relacionamentos. Mas voltando ao que eu estava falando...
 Eu acho que nunca contei isso pra vocês, e agora que tenho alguns leitores fiéis, que não comentam, mas vem falar comigo por face que amaram o blog (gente, isso não tem preço!), está na hora de contar.
 O blog não era pra ser nada disso.
 Pois é, o blog era pra ser só uma válvula de escape pros meus textos. Tanto que, no começo, eu era anônima.
 Só que aí foi surgindo a necessidade de compartilhar com as pessoas meus textos, porque afinal, eu não escrevo tão mal assim, certo?
 E aí eu comecei a perguntar para alguns colegas no face o que eles acharam e, se eles gostassem, falava que eu que escrevi.
 Quando fui ver, o blog já tinha meu nome, minha idade e meu coração.
 Hoje o Cafeína Aguda continua sendo uma válvula de escape, mas uma válvula de escape minha, onde eu posto o que bem entender. Desde posts retardados e engraçados até assuntos sérios ou coisas que eu presenciei e não queria tê-lo feito.
 Blog não é brincadeira? Ah, mas vocês estão enganados! Blog é uma brincadeira deliciosa. Ninguém que ama ser blogueira escreve por obrigação. Então acho que tudo que não é feito na obrigação pode ser levado como uma brincadeira gostosa, que você se diverte fazendo.
 Porque é isso que acontece comigo quando escrevo pro BCA. Eu quebro a cabeça, me estresso no photoshop quando tem que ter imagem (a propósito, valeu amor pela paciência em me ensinar as coisas mais ridículas no ps!), fico horas montando a parada no programa (sério, photoshop acaba comigo), às vezes eu desisto e depois volto e plim, dá certo. E eu amo. E aí eu faço o post toda animada e acabo me empolgando.
 Eu xingo? Sim, eu xingo sim, porque quem não xinga? Acho que o ato de xingar é como a gíria, você não sabe explicar o porque fala aquilo, mas sabe que se não falasse muitas ideias iam ficar ocultas porque você não tem alguma palavra pra encaixar.
 Eu também sou rabugenta e reclamona, é verdade. Vou ser uma velha daquelas bem ranzinzas e já estou treinando pra isso (e ó, vou tirar de letra.).
 E eu também já pensei em desistir. Uma, duas, milhões de vezes. Mas, de uns três meses pra cá, eu simplesmente não sei que sensação é essa. Juro! O blog vem me trazendo momentos tão bons, que eu só consigo ocupar minha cabeça pensando no que postar, e não em parar. Quero continuar. Até chegar aonde eu puder, até atingir o inatingível.
 Não quero ser uma Bruna Vieira da vida, to feliz com minha vida em off, obrigada.
 Só quero a felicidade de receber um comentário que realmente tenha a ver com o post e não seja divulgação. Sabe, aqueles comentários que a pessoa diz se concorda ou não e expõe o ponto de vista dela? Mesmo que em três linhas. Você sabe quando isso acontece. É só isso que eu quero. E isso eu tive ontem e fiquei imensamente feliz.
 São dez mil visualizações, dez mil vezes abriram o Cafeína Aguda. Dez mil. É um número bem grande. Pode não ser pra você, mas pra essa blogueira simples aqui, ahhhh, é uma delícia de número.
 To amando essa nova fase. Aos que estão desde o começo: obrigada por tudo! Vocês dão uma força incrível e são vocês que me reanimam quando a coisa complica.
 E aos que chegaram faz pouco tempo: chega chegaaaando!!! Porque leitor da tia Mari aqui tem que me dar um chega pra lá quando eu me empolgar e começar a enlouquecer (o que acontece bem frequentemente, admito).
 E, bom, à todos, eu amo vocês. Vocês são uma parte de mim e eu espero ter esse mesmo blog, com esse mesmo nome e com esse mesmo endereço quando for casar e engravidar a primeira vez, só pra compartilhar com vocês, que já são um pedaço da Mari-mar aqui, como muitos gostam de chamar.
 Mais uma vez, OBRIGADA!


 Ao infinito e além!!!!




10 comentários:

  1. Olá Mariana
    Meus parabéns pelas visualizações.
    è muito bom saber que tem pessoas que gostam do que a gente escreve e como é difícil manter um blog por muito tempo.
    Vc está fz um ótimo trabalho.
    Vi no seu blog que você está lendo o livro Perda Total do Ivan Sant'Anna. O livro é sensacional, um relato fiel dos acidentes. Fiquei muito angustiado ao ler este livro por saber que todos os acidentes poderiam ser evitados, todos, sem exceção. Por causa disso vou me tornar seu leitor também :). Você tem um ótimo gosto.
    Grande Abraço
    Fernando
    Blog Fernu Fala II
    Siga no Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Fernando!
      Realmente, é muito bom ver que alguém gosta do que escrevemos, não tem explicação em como é satisfatório receber um elogio.
      Sim, estou lendo Perda Total. Faz umas duas semanas que não continuo porque estava em fim de ano letivo, mas agora vou terminar de ler.
      Exatamente, me sinto da mesma forma lendo, é super triste ver que era um erro bobo e que poderia ser completamente evitado. Vejo as fotos e relatos e fico imaginando "O que essas pessoas pensaram antes de perderem suas vidas?" e "O que seus amigos e parentes fazem pra superar e como vivem hoje em dia?"
      E mais uma vez, obrigada por se tornar meu leitor e pelos elogios =)

      Excluir
  2. ai, que linda você Mari!! te desejo todo o sucesso do mundo, e que sejam as 10.000 primeiras de muuuuuuuuuuuuuitas, porque você vai arrasar gata! hahaha

    champagne supernovasorteio 1 ano de blog!fan page

    ResponderExcluir
  3. Carambaaaaa, parabéns! 10.000 é muito sim, poxa! Eu não acompanho teu blog à muito tempo mas tenho certeza que você merece esse número e muito mais. Aqui é puro amor hahaha adoro o nome, os posts e você escreve muito bem, menina! E parabéns também pelo tempo de blog, 1 ano e 8 meses é muita coisa, eu mesma estou ainda em processo pra descobrir se conseguirei algum dia aguentar tanto tempo assim, hehe.

    Beijos!
    http://www.infinitanowhere.com/ |Sorteio do livro "Quem é Você, Alasca?" de John Green ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh Karolzinha, obrigada, de coração! Eu faço tudo com muuuuuuito carinho e ó, dá trabalho viu? Pra gente que não é conhecido então nem se fala, fazer posts pra ninguém ou quase ler desmotiva muuuuuuuuuitas vezes. Mas eu amo tanto o Cafeína que sempre volto, não consigo largar auhauahu
      Obrigada ♥

      Excluir
  4. Mari!

    Aquele post não era pra você, não! Eu nem sabia que você estava comemorando as visualizações, hahaha! Mas meus parabéns, de verdade! Como eu escrevi, desde ser muito gratificante saber desses números. Eu fiz aquele post, porque estava meio chateada com algumas pessoas que conheço que dão valor aos números como se eles precisassem ser idolatrados mais do que as pessoas que realmente se emprenham em ler o conteúdo do blog. Acho que, em tempos como esses, as pessoas estão sendo descartadas pelos números, como estão sendo pelas máquinas. As relações estão automáticas demais, também.

    Muito obrigada pelo seu comentário, viu? Você é um amor (eu amo comentários gigantes, hahaha). Vou continuar vindo aqui e sendo uma pessoa, não um robô ^^

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei, é que identifiquei bastante uahauha adorei seu texto e realmente bateu com meu post, mesmo eu sabendo que não são ninguém atrás da tela e sim meus leitores que amo hahaha

      Fique à vontade e não repare a bagunça ^^

      Excluir